Wow! O Podcast da RUSGA desta edição responde a pergunta: por que fazer uma oficina literária? Preparado para conhecer todas as vantagens de um curso? Então vamos lá!

Caso você prefira ler, este conteúdo também pode ser conferido no artigo 10 Vantagens de fazer uma Oficina Literária online de Escrita Criativa.

IMPORTANTE: se você deseja receber por e-mail todos os nossos episódios, assine o formulário que você vê abaixo.

Mas vamos ao programa de hoje.

Ouça agora o Podcast da RUSGA #05: Por que fazer uma oficina literária?

Links relacionados

 

Ouça o programa anterior

Quando acabar de ouvir, aproveite e me conte o que achou! Ah, se rolar, compartilha com mais alguém, por favor!

Você com certeza vai ajudar outro futuro escritor!

Feed RSS | iTunes |  SoundCloud

Todas as segundas-feiras (se nenhuma catástrofe acontecer) sairá um programa com dicas para escritores.



Resumo do programa – 10 vantagens de fazer oficinas literárias

 

1 – Grandes escritores fizeram oficinas literárias – Por que você não faz?

Apenas para citar dois exemplos: J.D. Salinger e Raymond Carver estudaram em cursos de escrita criativa.

2 – Você trata os problemas do seu texto de frente

Por melhor que você seja, sempre comete um ou mais pecados literários. Em oficinas literárias, você tem a oportunidade de corrigir estas pequenas falhas.

3 – Dê um tempo para a solidão. Saia da toca!

Não é nenhuma novidade dizer que escrever é um processo lento e solitário. Em um curso de escrita criativa, você tem a oportunidade de conhecer pessoas como você. Pessoas que também estão encarando o desafio da escrita e podem compartilhar suas experiências.

4 – Conhece novos escritores

Quer aumentar sua lista de leituras? Acredite, os cursos para escritores vão te ajudar. Os exemplos citados pelo facilitador acabam roubando sua atenção, e você vai atrás de novas leituras.

5 – Os maiores escritores do país passaram por oficinas literárias

As oficinas literárias de Raimundo Carrero e de Luiz Antonio de Assis Brasil são conhecidas de todos. Só para citar alguns escritores que passaram por este último: Michel Laub, Cíntia Moscovich, Daniel Galera, Paulo Scott e Carol Bensimon.

6 – Entenda os fundamentos da criação literária

Escrever é fácil? Esta pergunta rende um livro. Mas com certeza dá trabalho entender todos os fundamentos da escrita. Narrador, trama, diálogos, personagens, tempo, espaço – são muitos os temas discutidos. Sem dúvidas, um curso de escrita criativa vai te ajudar a entendê-los.

7 – Todas as respostas sobre os mistérios da escrita

Bom, se não as respostas, pelo menos, as perguntas. Em cursos para escritores, você ouve todo tipo de pergunta. Coisas do tipo: como saber se meu personagem tem profundidade? Qual o tamanho certo para um conto? A história precisa de uma virada no final? De que forma crio motivação para escrever todos os dias?

8 – Como publicar um livro?

Não só de técnicas literárias são feitas os bons cursos de escrita criativa. Também de dicas sobre o mercado editorial. Afinal de contas, quem está ali ministrando já passou pelo caminho das pedras e pode oferecer a você uma luz.

9 – Gosta de desafios?

Ao fazer uma oficina literária, você vai se desafiar a escrever além dos gêneros literários que você costuma trabalhar. Este pode ser o caminho para que você se descubra um novo escritor. Quem sabe onde pode estar escondido seu talento?

10 – Faça uma oficina online para encarar a falta de tempo

Se você, assim como eu, vive correndo para dar conta de tudo, certamente um curso para escritores online é a melhor opção. Após a matrícula realizada, você tem acesso a vídeos, textos e explicações quando e onde quiser! Pode estudar no celular, indo para o trabalho, no horário de almoço ou no horário que desejar.

Ficou interessado?


Vilto Reis

VILTO REIS é autor de Um gato chamado Borges, livro finalista do Prêmio SESC 2015, e da monografia As teorias narrativas de Hitchcock aplicadas à Psicose. Tem contos publicados nas revistas Pulp Fiction, Flaubert, Raimundo, Pluriversos e no portal hispânico CuentoColectivo. Faz leituras críticas de originais e atua como coaching literário. Também é idealizador do site Homo Literatus, além de apresentador do podcast 30:MIN e de inúmeras séries de vídeos no Youtube.